quinta-feira, 15 de maio de 2014

VISITA A PORTUGAL DO PROVINCIAL DE MOÇAMBIQUE Pe ONÓRIO MATTI

Na quinta-feira dia 8 de maio, recebemos no seminário Nª Srª de Fátima, em Alfragide, o Pe Onório Matti, atual Provincial Dehoniano em Moçambique.

A sua passagem por Lisboa foi aproveitada para um encontro com alguns elementos da direção e do núcleo de Lisboa da Alvd assim como outros voluntários.


Este encontro foi muito importante para ouvirmos o testemunho do Pe Onório, que tem acompanhado o trabalho dos voluntários no Alto Molócué, sobre o trabalho dos mesmos e as suas condicionantes, mas também sobre as limitações e dificuldades que se sentem no terreno.


Falou-nos com entusiasmo sobre o trabalho que tem vindo a ser feito por estas pessoas de boa vontade que se disponibilizam a ir por períodos de tempo variáveis para um país tão distante e com uma realidade tão diferente do seu dia-a-dia.

Falou-se das características das intervenções de curta duração, como as que têm lugar no Verão, em que os voluntários, apesar da sua grande vontade de fazer o seu melhor num curto espaço de tempo, se vêm confrontados com as limitações da realidade local, enquanto as intervenções de mais longa duração possibilitam uma melhor aculturação que potencia uma intervenção muitas vezes mais profícua.

Foi com emoção que o ouvimos falar dos grandes problemas com que os jovens moçambicanos se vêem hoje confrontados: o álcool, a droga, a prostituição, a enorme propagação do vírus da SIDA…

A crise de valores que opõe os valores culturais das gerações mais velhas à sociedade de consumo que atrai os mais jovens afastando-os da família e levando ao triunfo do individualismo e à procura da gratificação imediata.

Problemas graves para os quais não se encontra ainda uma resposta eficaz no terreno, exceto o trabalho pontual de algumas ordens religiosas.

Ficou no ar o desafio para que se encontrem formas de ajudar também nesta área.
No dia seguinte seguiu para a Madeira, onde a convite da ALVD-Madeira teve oportunidade de visitar pela primeira vez esta bela ilha e rever caras conhecidas de voluntários que passaram nos últimos anos no Alto Molócué.

Paula Franco

Sem comentários:

Publicar um comentário