segunda-feira, 9 de agosto de 2010

Crónicas de Moçambique: Os livros em Cuamba

O grupo foi todo para o ESAM abrir as caixas dos livros, fizemos a selecção durante a manhã.
De tarde fomos surpreendidos com a tecnologia avançada da equipa local, os funcionários do ESAM puxaram pelos seus computadores (folhas de papel A4), copiaram o cabeçalho do programa e começaram a registar manualmente os livros.

Depois da formação que demos durante a semana para introduzir os registos informaticamente não entendemos que não aproveitassem os recursos disponíveis, há coisas que nos escapam...
Os grupos gravaram as duas bibliotecas que tinham feito na semana anterior dando por terminado o seu trabalho em Cuamba.

Depois do jantar estivemos com as Voluntários dos Leigos para o Desenvolvimento e oferecemos um portátil para a Biblioteca Menegon para que, pelo menos aqui, o trabalho iniciado não fosse perdido e pudessem continuar a registar o resto dos livros.

Amanhã seguiremos para Mecanhelas.

Sem comentários:

Publicar um comentário