sexta-feira, 10 de abril de 2015

SONHÁMOS UM DIA… ENVIAR UM CONTENTOR CHEIO DE LIVROS…

Sonhámos um dia… enviar um contentor cheio de livros para a província do Niassa, no norte de Moçambique.
Foram tantos os que acreditaram neste nosso sonho e se juntaram a nós que conseguimos concretizá-lo e após a chegada do segundo contentor a Moçambique já está para breve o envio de um terceiro contentor.

Para quem não conhece a realidade local, fazemos aqui um pequeno retrato:
A província do Niassa tem 130.000 km2 e um milhão e meio de habitantes, com tendência para chegar brevemente aos dois milhões de habitantes, sendo na sua maioria crianças e jovens.
De entre estas crianças e jovens os que têm possibilidade de frequentar a escola, estudam muitas vezes em escolas onde nem sequer há carteiras. Muitos têm de andar vários kilómetros a pé para chegar à escola. Na maioria das casas, não há electricidade nem água. Têm de ir buscar a água, muitas vezes, a grandes distâncias, e aproveitar a luz do sol para estudar, por vezes conciliando isso com o trabalho.
Apesar deste cenário alguns jovens conseguem ultrapassar estas dificuldades e chegar ao Ensino Superior.
Em Fevereiro de 2012, a Universidade Católica de Moçambique iniciou a sua actividade em Lichinga (capital desta província), com os cursos de Administração Pública, Direito, Economia, Gestão e Ciências da Educação, e pediu o nosso apoio para encher as prateleiras vazias da sua biblioteca.

As necessidades são muitas e as dificuldades são, infelizmente, directamente proporcionais.
A província do Niassa é uma província interior e depois do contentor chegar ao porto de Nacala, é necessário descarregar as caixas e fazer o transporte por terra em estradas esburacadas e difíceis de percorrer.
Mas congratulamo-nos de saber que os livros têm chegado ao seu destino final e a Biblioteca desta Universidade, apesar de recente, é já, nas palavras do seu director, uma referência.

Quando falamos nos muitos que a nós se juntaram, não falamos de grandes organizações ou multinacionais, falamos, principalmente, de pessoas como cada um de vós que acreditaram e se mobilizaram para juntar livros, para divulgar esta campanha, para nos ajudarem na enorme tarefa de selecionar, encaixotar e a carregar os contentores.

Nos livros, temos contado ainda com a valiosa contribuição de algumas editoras, de algumas bibliotecas e universidades e outras instituições que estão listadas no nosso blog: http://alvd2010-2020.blogspot.pt/p/ja-colaboraram.html

Recentemente, a Creche Casinha de Nossa Senhora, em Belém, juntou-se a esta campanha e tem recolhido entre os pais dos seus meninos muitos livros para enviar para Moçambique.
Também a empresa Smile@Culture abraçou o nosso projecto e estabeleceu parcerias para recolha de livros, com o IPCSer - Voluntariado do IPC – Politécnico de Coimbra e com a Universidade Autónoma.

Uma palavra de agradecimento também para a Laurinda Alves que ao divulgar a nossa Campanha na sua página do facebook nos permitiu chegar a muitas mais pessoas.

Como dizia o grande poeta Fernando Pessoa:  “Somos do tamanho dos nossos sonhos”.
E a vossa ajuda mostrou-nos que nenhum sonho é grande demais e, como as necessidades são ainda muitas, estamos a preparar para breve o envio do 3º contentor.

Sabemos que podemos continuar a contar convosco na recolha e envio destes livros.

Mais do que a nossa palavra de agradecimento deixamos-vos com as palavras de quem conhece bem a realidade local, o Dr. Felipe André Angst, director da Extensão de Lichinga da Universidade Católica de Moçambique:
"Não imaginam a repercussão positiva que estes livros têm tido na vida dos jovens da província do Niassa"

Paula Franco

















Sem comentários:

Publicar um comentário