terça-feira, 26 de agosto de 2014

Missão Angola 2014 – 6 de Agosto de 2014

Saímos de Luanda dia 1 de Agosto às 5h30 com um longo caminho pela frente. Partimos cheios de entusiasmo, mas em dois carros separados. E na nossa bagagem, para além de Jesus Cristo, levámos muita motivação e vontade de trabalhar. A viagem não foi fácil, pois os perigos que surgiram foram imensos.

Desde animais e crianças a atravessar a estrada constantemente, aos postos de controlo policial (onde deixámos, por pedido, uma cruz dehoniana).

O David dormiu. E para seu azar, perdeu a beleza de uma Angola em descoberta. Vimos javalis, lebres e veados pendurados à beira da estrada, guardados pelas crianças, que os vendiam. Depois da Andreia ter uma aula (forçada) de como se desviar de cães na estrada, chegámos ao Luau, pelas 23h30. A Rita Glória, só chegou uma hora depois, pois em Saurimo apanhou o caminho direito a Luena. Não nos podemos esquecer, nem deixar de agradecer aos nossos queridos guias: o Pe. Amaro e Pe. Jean Paul, que tornaram a viagem mais leve e segura. Apesar da hora tardia, o Pe. Majorino Madela encontrava-se, de mesa posta, à nossa espera.

No dia seguinte, tivemos a melhor receção que poderíamos sonhar: as crianças da catequese cantaram as boas vindas aos 8 “chindelis” (brancos) da Europa. Tivemos a oportunidade de ter um encontro com as três irmãs responsáveis pela escola da missão, que nos receberam de braços abertos, e totalmente disponíveis para nos ajudar.


Domingo voltámos à escola, para a eucaristia da comunidade. Foi fantástica! As mulheres cantam e dançam, vestidas com as capulanas próprias da cultura. As crianças são muitas, e alegres. No fim da celebração, demos a conhecer todas as atividades que tínhamos para oferecer. Seguiram-se inúmeros cumprimentos, sorrisos e apertos de mão, de papás, mamãs e crianças.

Nos últimos três dias arregaçámos as mangas e metemos mãos à obra. As aulas de karaté foram um sucesso tão grande, que apareceram 300 crianças para nos ver. Nunca nos sentimos tão amados, por pessoas que acabávamos de conhecer! As inscrições para o curso de informática excederam qualquer espetativa, chegando quase às 200 inscrições. A biblioteca, que outrora fora tão bem construída, está agora danificada pelo salele (bicho da madeira), e inativa. Abraçámos então a ideia de reerguer a biblioteca (projeto ambicioso), e mudá-la para a Escola da Missão, onde ficará mais acessível ao povo do Luau (visto ser a única biblioteca existente no municipio).

Para os próximos dias, esperamos receber os computadores e poder iniciar as aulas de informática e a formação de professores. A convite das irmãs, iremos dar catequese às crianças da Missão, no próximo Sábado.
Esperamos que as nossas famílias, amigos e colaboradores no projeto Angola 2014, se encontrem bem. A todos um grande abraço, estão connosco no pensamento e oração.

Até breve,

Andreia, Rita Sousa, Rita Glória e David

Sem comentários:

Publicar um comentário